Menu

domingo, 7 de dezembro de 2014

Resenha - A Vez da Minha Vida



"O problema é que suas mentiras são construídas em cima de outras mentiras, não são? Você diz uma, daí tem que dizer outra. Se revela uma verdade pequena, tudo se desfaz (...)"

Este é o meu terceiro livro da Cecelia Ahern e posso dizer que ela ainda não me decepcionou. Depois do P.S. Eu Te Amo e do Livro do Amanhã achei que não me surpreenderia mais... Pequeno engano.
Quando a personagem principal Lucy Silchester encontra um envelope em seu tapete com um convite para se encontrar com sua Vida, sua rotina irá mudar drasticamente. Mas ela não poderá ir ao encontro pois está muito ocupada com seu emprego que não gosta e fugindo de seus amigos e familiares. No momento em que se encontra com o homem que se diz ser sua Vida verdades virão à tona. Lucy tem um compromisso com sua vida e ela terá que cumpri-lo.

Esse é um livro que você se vê nele, é repleto de situações que pode acontecer com qualquer um e personagens que você se identifica. Não consegui gostar tanto de Lucy, mas por ela fazer, falar e vivenciar situações rotineiras deixa ela mais próxima da gente. O melhor com certeza é Vida. Ele é simplesmente o máximo, além de falar coisas que embora não queremos que seja verdade, acaba sendo a realidade de muitas pessoas.
O que achei o mais legal é a Cecelia considerar as nossas vidas como uma pessoa. Ele  tem sentimentos e se, não estivermos bem, ele também não estará. Como ocorre no livro. 
Quando Lucy se encontra com sua Vida devido a todas as mentiras contadas, estas refletem nele. Nesse instante ele estará todo sujo, com roupas rasgadas e velhas e um escritório todo bagunçado em que nem o computador funciona.
A história vai se relacionando nesse contexto de triste/feliz, certo/errado e afins. Tudo o que sou hoje se reflete na minha Vida e faz dela uma pessoa melhor ou não.
O que talvez não ajude na hora da comprar do livro seja sua capa, pois vamos concordar, ela não é uma das mais bonitas.
Este é um daqueles livros que infelizmente poucas pessoas leram e poucas lerão. Mas como não falamos só de livros que estão em alta, essa é uma boa dica. 
Quem nunca contou uma mentira, mesmo que fosse pequena, e por causa dela teve de contar várias outras?

"Logo você terá que parar de mentir para os outros, o que será mais difícil do que você pensa, aliás, e, então, vai começar a aprender a verdade sobre si mesma, o que também será mais difícil do que você pensa."

É isso pessoal, espero que tenham gostado!!!
Boa leitura,
Carol!

8 comentários:

  1. Nunca li nada dela,só tinha começado a ler P.S Eu Te Amo,mas já comecei emocionada e vi que a coisa ia ser difícil,tinha acabado de ler Convergente e não queria nenhuma lágrima kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente ao terminar Convergente é difícil começar algo mais triste. Mas te indico a tentar ler de novo. Vale a pena. Obrigada!!

      Excluir
  2. Infelizmente ainda não li nada dessa autora mas amo o filme PS: Eu Te Amo *-* Tenho certeza que os livros dela devem ser maravilhosos, adorei a ideia dela representar a vida como uma pessoa, bem interessante.
    Beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros dela são todos lindos e sempre conseguem nos ensinar algo. Esse foi o que achei mais interessante por representar nossa vida como um pessoa. Uma coisa que nos faz pensar. Beijos e obrigada!!!

      Excluir
  3. Nossa, sabe que eu estou lendo o P.S. Eu te amo, e também não decepcionei com a autora ainda, e quando eu li a sua resenha, me incentivou a continuar lendo os livros dela sem ter receios! gostei muito da sua resenha! Parabéns!

    http://alemdaminhaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Continue mesmo, ela escreve muito bem. Obrigada!!!

      Excluir

  4. Oi! Adorei a ideia do post, ficou super legal.
    Parabéns pelo blog, sucesso. Beijokas.

    http://juliana-editions.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que gostou, fico muito feliz com isso. Obrigada, beijos!!

      Excluir