Menu

domingo, 14 de junho de 2015

Resenha - A Garota Que Você Deixou Para Trás


"Eu Hélène dormimos na mesma cama naquela noite, ao lado de Mimi e Jean. Às vezes, fazia tanto frio, mesmo em outubro, que temíamos encontrá-los congelados em suas roupas de dormir, então ficávamos bem juntos. Era tarde, mas eu sabia que minha irmã estava acordada. O luar entrava pela fresta das cortinas, e eu via perfeitamente os olhos dela, regalados, fixos em um ponto distante. Calculei que ela estivesse se perguntando onde estava o marido naquele instante, se ele estava agasalhado, acantonado em algum lugar parecido com nossa casa, ou congelando em uma trincheira, olhando para a mesma lua."

Bom, o que dizer de um livro que ficou mais de um ano na minha estante olhando para mim e eu ignorando total... rsrsrs.
Tava cheia de receios, apesar de só ouvir coisas boas sobre ele. Resolvi lê-lo depois de MUITA insistência da Carol.
Devo confessar que foi uma tamanha surpresa.
"A Garota Que Você Deixou Para Trás", de Jojo Moyes, Editora Intrínseca, é uma história de uma poesia impressionante, uma história de amor, paixão, ressentimentos, perdas, determinação e um pouco de suspense.
O livro conta duas histórias em épocas diferentes que no final se encontram.
Obrigada a cozinhar para soldados alemães que ocupam St. Péronne, na França, durante a Primeira Grande Guerra, Sophie Lefèvre mantém exposto no restaurante da família o quadro pintado por seu marido, o artista Édouard Lafèvre. O comandante responsável pela ocupação da cidade fica completamente envolvido pela imagem de Sophie na tela, e parece também se sentir atraído por ela. Quando chega a notícia de que Édouard foi enviado para um campo de prisioneiros, Sophie propõe uma troca arriscada na tentativa de garantir a liberdade de seu grande amor.
Quase cem anos depois, o retrato de Sophie tem agora lugar de destaque no quarto de Liv Halston, uma jovem viúva que mora numa casa com paredes de vidro. Presente de David, seu falecido marido, um arquiteto renomado, o quadro A Garota Que Você Deixou Para Trás tornou-se símbolo de todas as boas lembranças de seu breve casamento. Quando Liv decide sair do luto e se abrir para a vida, os herdeiros de Édouard Lefère aparecem para reivindicar a posse da obra, alegando que o quadro fora roubado pelos alemães.
A história toda é envolta de muita poesia e delicadeza. Não tinha lido nada da autora antes, mas me conquistou de tal forma que, com certeza, já virei fã, Tinha muitas dúvidas, pois como não sou muito fã de romances, o livro tem que ser "O LIVRO", e não somente "MAIS UM" livro. E esse com, certeza, é A HISTÓRIA. Já estou pronta para o próximo livro de Jojo Moyes, Como Eu Era Antes de Você.
Se tiverem a oportunidade, essa é uma excelente sugestão. "A Garota Que Você Deixou Para Trás" é uma história comovente que merece ser "vivida" junto com suas protagonistas.
Leitura pra lá de recomendada.

Cláudia Trigo

4 comentários:

  1. Menina ,eu li esse livro ano passado
    apesar de achar que nao bateu como eu era antes de você
    achei uma história singela e muuuuuito linda! de verdade <3
    tambem adorei e recomendo :2

    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Pâm.
      Não li Como eu era antes de você, mas ouvi só coisas boas também. Gostei muito do estilo de contar história da autora. Me impressionou.
      Beijos.

      Excluir
  2. Já li dois livros da Jojo e sou APAIXONADA pela escrita dela. Esse também está na minha lista! *_*

    Beijos!
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca tinha lido nada dela e devo confessar que também me apaixonei. Acho interessante a maneira que ela escreve, suas histórias são sempre bem construídas.
      Agora comprei "Um mais Um", vamos ver se continua com essa mesma magia. Depois te conto.
      Bjos!

      Excluir