Menu

sábado, 8 de agosto de 2015

Mais Que Uma Surpresa - A Hospedeira


"- Está vendo? É isso o que estou dizendo. Corpo e alma. Duas coisas diferentes, no meu caso."

O que dizer de um livro que eu não esperava muito - apesar de gostar bastante do filme - e ser surpreendida com a maior das surpresas... Foi exatamente isso que aconteceu com "A Hospedeira", de Stephenie Meyer, Editora Intrínseca.
Tenho que admitir ter um certo preconceito por ser da Stephenie Meyer, porque sim, eu não gosto de "Crepúsculo", e com certeza, isso fez com que eu adiasse a leitura.
Só decidi por ele porque precisava ler alguma coisa no meu Kindle, e queria alguma coisa do gênero fantasia e, naquele momento, foi o que mais me agradou.
Enfim, chega de desculpas, e vamos ao que interessa!
Apesar de não ser muito fã de histórias de ficção científica/alienígenas, esse livro me surpreendeu muito e, com certeza, entrou nos meus livros preferidos.
A personagem Peg, no começo, é meio irritante, devagar, e até meio inocente demais... Mas isso se deve ao jeito das almas serem, e ao passar do livro, ela vai melhorando, se adaptando à realidade e aprendendo. Já Melanie é totalmente o inverso, e gosto mais da personalidade dela. Ela é movida mais pelas emoções e muito persistente, o que a torna uma personagem muito forte.
Jamie, irmão de Melanie, é super fofo e talvez o mais "humano" dali.
Jared tem momentos que consegue ser muito irritante, mas é entendível por causa da situação em que estão passando. Principalmente ele, que vê a pessoa que ama como hospedeira do inimigo que está "exterminando" a raça humana.
Ian, um dos personagens secundários, é o que mais gostei porque apesar das dificuldades e da situação, ele consegue ter mais de uma visão e entender o outro lado.
Kyle, irmão de Ian, é o típico babaca que se eu pudesse matava ele e nem ia sentir a falta, de tão chato e ridículo que ele é!
E por fim, vamos falar de Jeb, o personagem mais perfeito que tem nessa história, pois se não fosse ele, o livro não existiria! Ele é inteligente, esperto e humano na quantidade certa.
O desenvolvimento do livro é gigante e a cada página vai ficando melhor, fazendo com que a gente queira saber o que vai acontecer, mas não querendo que acabe...

Agora vamos falar um pouquinho do filme.
Acho que os atores foram muito bem escolhidos e interpretaram bem.
O que podia ser melhor filmado é a conversa "interna" entre a Peg e a Melanie, que no livro é super presente e muito importante, e no filme foi pouco usado.
Alguns personagens secundários que não foram nem citados no filme, podiam ter dado um toque especial.
As brigas e intrigas entre Peg e os moradores da "caverna", no filme parecem que é facilmente resolvido, e não é bem essa a situação. Mas tirando alguns detalhes não tão importantes assim, é uma boa adaptação.

Então é isso.
Um livro que eu não esperava nada e que me surpreendeu de uma maneira inusitada. Tudo isso não foi lido antes por causa de um "pre-conceito" que infelizmente tive com a autora.
Com certeza foi um bom aprendizado! Nem sempre é bom avaliar o livro por uma obra anterior do autor que não foi "feliz"!
Espero que tenham gostado da resenha.
Me digam o que acharam...

Até a próxima e boa leitura!
Carol!!!

4 comentários:

  1. O interessante nesse livro, é que ao contrário de Crepúsculo, os personagens foram muito bem construídos e a história ficou ainda mais perfeita. Simplesmente amo esse livro <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, não li Crepúsculo, só assisti aos filmes, mas já sei que não me interessaria... Por isso que estava com um pé atrás com esse livro, mas me surpreendi!
      Concordo com você, os personagens são muito bem construídos o que só ajuda a história.
      Bjss!

      Excluir
  2. Oi
    que bom que se surpreendeu com esse livro, gosto muito da leitura desse livro e já li ele duas vezes, ao contrario de você não gosto muito do filme.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Com certeza, foi a melhor surpresa até agora.
      Não achei a adaptação do filme assim tão ruim. Claro que várias coisas ficaram de fora, mas até consigo entender que é mais complicado passar tudo que precisaria. Achei na média!
      Bjss

      Excluir