Menu

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Harlan Coben Conseguindo Se Redimir - Resenha/Desafio


"Às vezes encontramos pessoas cuja bondade inata nos atinge como um raio de luz quase ofuscante. Mas outras vezes deparamos exatamente com o oposto - alguém cuja mera presença nos asfixia, nos encobre com uma pesada nuvem de putrefação e de sangue."

Primeira resenha do desafio! E não podia ter começado melhor.
"Desaparecido Para Sempre" (Ed. Arqueiro) teve que cumprir com uma expectativa que ano passado era super alta e que questionava o tempo todo do "porque" o Harlan Coben era "endeusado"...
E, acreditem, por incrível que pareça, ele conseguiu me surpreender e me mostrar que o que falam dele, é sim, real!
Um tempo atrás tinha lido "Refúgio", que foi meu primeiro contato com o Harlan Coben. E me decepcionei muito. Fraquíssimo... Porém, acho que desafios serve para isso. E não desisti dele. Dei uma segunda chance e foi com esse pensamento que escolhi essa história. Nem sempre dá certo...
A história começa quando a mãe do nosso personagem principal - Will Klein - em seu leito de morte, lhe faz uma revelação: seu irmão mais velho, Ken, desaparecido há 11 anos e acusado de assassinato da sua vizinha Julie Miller, está vivo!
Com toda essa confusão, outro problema aparece: a namorada de Will, Sheila - seu grande amor - some de repente. E para piorar, o FBI suspeita do envolvimento dela no assassinato de dois homens. Ao mesmo tempo, os maiores criminosos do país e amigos de infância de seu irmão, Philip McGuane e John Asselta passam a rondar a vida de Will. Para descobrir toda a verdade, Will conta apenas com a ajuda de Squares, seu colega de trabalho.
Ufa! Quanta coisa. E isso é só o começo...
A história é muito boa e se aguenta do início ao fim. O tempo todo é eletrizante e cheia de reviravoltas. O que eu particularmente adoro. Os personagens são bem interessantes e cheios de segredos.
Com certeza com esse livro, Harlan Coben se superou e espero que os outros sejam tão bons quanto, e não aquele desastre que foi "Refúgio". Além de nos provar, e principalmente de me provar, que é sempre importante dar uma segunda chance para os autores. Eles podem se redimir.
Entrou nos meus favoritos, sem dúvidas. Agora é esperar para o próximo livro do desafio ser tão bom  quanto. Chelsea Cain, me aguarde!


"No fim, a mais desagradável das verdades é preferível à mais bela mentira."

Até a próxima e boa leitura!
Carol!!!

6 comentários:

  1. Olá!
    Esse foi o primeiro livro que li do Coben e o unico que realmente gostei. Excelente resenha :)
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Esse foi o que fez voltar a minha vontade de ler os outros livros dele... Espero que eles sejam tão bom quanto.
      Bjss

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Tentei ler esse livro em um momento não muito bom e o abandonei. Mas pretendo tentar ler de novo, nunca ouvi ninguém falando mal desse autor. Acredito (e pelo o que você nos falou na resenha) que ele seja realmente bom.
    Beijos, http://lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca! Tudo ótimo.
      Poxa, que pena.
      Sim, tente em um outro momento, talvez você goste mais. Também nunca ouvi, mas eu mesma tive uma experiência boa e ruim com ele, então acho que depende um pouco da pessoa...
      Ele é ótimo. Tente dar uma outra oportunidade para ele ou até para outro livro do autor. Quem sabe...
      Bjss

      Excluir
  3. Nunca li nenhum livro do autor mas olha gostei mesmo da premissa, indica algum pra começar?
    Beijos
    Instante Efêmero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, como disse... Gostei bastante dele, então acho um bom livro para começar... Espero que goste!
      Bjss

      Excluir