Menu

terça-feira, 8 de março de 2016

Top 6 - "O Sexo Frágil"


Para encerrar com chave de ouro o Dia Internacional da Mulher, nada mais justo do que as nossas grandes mulheres do cinema. Selecionamos aqui algumas personagens fortes e inesquecíveis que muito nos acrescentam. É uma delícia, e uma lição de vida, a histórias dessas mulheres, divinamente representadas por grandes atrizes.
A escolha foi difícil, mas nosso Top 6 está bem representado por elas!

Sylvia - Paixão Além de Palavras (2003)
É a história da novelista norte-americana Sylvia Plath (Gwyneth Paltrow), que nasceu em Boston durante a Grande Depressão. Enquanto jovem tentou suicídio na casa de sua mãe. Ao viajar para a Inglaterra para estudar em Cambridge, Sylvia se apaixona pelo jovem poeta Ted Hughes (Daniel Craig) e vive um longo romance.
É gigante a quantidade de barreiras que ela teve que passar para se tornar a escritora que ela virou. Tanto no trabalho, com outros escritores, na sociedade e algumas vezes, pelo próprio marido. Ela foi super bem interpretada pela Gwyneth Paltrow, que neste filme em particular, deu um show de atuação. Talvez o melhor filme dela!

Chocolate (2000)
Vianne Rocher (Juliette Binoche), uma jovem mãe solteira, e sua filha, de seis anos, resolvem se mudar para uma cidade rural da França. Lá decidem abrir uma loja de chocolates que funciona todos os dias da semana, bem em frente à igreja local, o que atrai a certeza da população de que o negócio não vá durar muito tempo. Porém, aos poucos, Vianne consegue persuadir os moradores da cidade em que agora vive a desfrutar seus deliciosos produtos, transformando o ceticismo inicial em uma calorosa recepção.
É impressionante os preconceitos que Vianne passa ao abrir a sua loja. Os moradores acreditam que ela não vá durar muito tempo aberta, e alguns até acham que ela não devia estar ali por ser mulher. Para piorar, ela é uma mãe solteira! Juliette Binoche sempre atua perfeitamente bem, e nesse filme não foi diferente. Uma das nossas atrizes preferidas!

Histórias Cruzadas (2011)
Jackson, pequena cidade no estado do Mississipi, anos 60. Skeeter (Emma Stone) é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark (Viola Davis), a empregada da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, conseguem novas adesões.
Amamos esse filme. A história é linda, as atuações são perfeitas e a mensagem é maravilhosa. Se passar todos os dias na TV, assistiremos todos os dias, rsrs. Além de serem mulheres lutando pelos seus direitos em um momento complicado dos EUA, elas ainda são negras, o que deixou a situação pior ainda. A Emma Stone, Viola Davis <3 estão perfeitas e dando uma aula de atuação! Esse filme devia ser obrigatório para todo mundo assistir!

Erin Brockovich: Uma Mulher de Talento (2000)
Erin (Julia Roberts) é a mãe de três filhos que trabalha num pequeno escritório de advocacia. Quando descobre que a água de uma cidade no deserto está sendo contaminada e espalhando doenças entre seus habitantes, convence seu chefe a deixá-la investigar o assunto. A partir de então, utilizando-se de todas as suas qualidades naturais, desde a fala macia e convincente até seus atributos físicos, consegue convencer os cidadãos da cidade a cooperarem com ela, fazendo com que tenha em mãos um processo de 333 milhões de dólares.
Um filme muito triste e infelizmente real. Tudo aquilo que a gente vê realmente aconteceu. E não podia ser pior: mãe solteira de três filhos, que trabalha num emprego que recebe muito pouco e é mulher, o que dificulta as coisas ainda mais. Essa é outra história que nos inspira e com aquela atuação da lindíssima da Julia Roberts não poderia ter ficado ruim. Adoro os filmes dela, mas se fosse escolher a melhor atuação dela, com certeza seria essa.

Mil Vezes Boa Noite ( 2013)
Rebecca (Juliette Binoche), é uma das melhores fotógrafas de guerra em atividade e precisa enfrentar um turbilhão de emoções quando seu marido (Nikolaj Coster-Waldau) lhe dá um ultimato. Ele e a filha do casal não suportam mais sua rotina arriscada e exigem mudanças, mas ela, apesar de amar a família, tem verdadeira adoração pela profissão.
Um achado!
É lindo ver o quanto Rebecca ama profissão dela, mesmo tendo que correr riscos. Claro que sua família ficava preocupada, não é para menos, porém se fosse um homem no papel dela, as pessoas achariam normal ele se arriscar e ela ficar em casa cuidando da família. Por que uma mulher não pode se arriscar, se sustentar e a fazer aquilo que ama? Acho que essa é a principal mensagem do filme. E, novamente, com a maravilhosa Juliette Binoche! Já perceberam como amamos ela, não? E o melhor é que ela está se arriscando para ajudar centenas de pessoas que sofrem todo dia, e que nunca são lembradas.
Adoramos vários filmes dela, como até citamos "Chocolate", porém acho esse filme o mais belo dela, de uma grandiosidade inimaginável! Recomendo a todos assistirem, pois algumas pessoas precisam aprender algumas coisinhas...

A Luta Por Um Ideal (2012)
Duas mães lutam por uma educação melhor para os seus filhos e contra a decadência da escola local. Elas vão precisar enfrentar a burocracia e corrupção para fazer a diferença no futuro de suas crianças.
Talvez o filme mais desconhecido da nossa lista. é até difícil encontrar na internet, o que é um erro.
Existe centenas de filmes que retratam a luta de professores pelos seus direitos, de seus alunos e por uma educação melhor. Já assistimos vários, e podíamos fazer uma lista de todos eles. Ficamos bem indecisas entre esse e "Escritores da Liberdade", que é outro ótimo filme. Mas escolhemos esse por duas questões: primeira, por ser desconhecido e acho que precisamos mostrar esses filmes para as outras pessoas assistam; a segunda é porque elas são mães lutando pelos direitos de seus filhos e da educação deles. E isso eu acho mais fantástico ainda. São inúmeros os obstáculos que elas passam, no entanto, quando temos um objetivo em mente, temos que ir até o fim com ele, por mais difícil que seja. Sem contar as ótimas atuações da Maggie Gyllenhaal, e novamente da Viola Davis. Vocês não fazem ideia de quando amamos essa mulher. Ela é perfeita!

Gostaram da nossa lista? Tentamos pegar um filme de cada estilo e que passe as inúmeras mensagens que temos que passar de diversas formas.
Quais vocês recomendam a gente assistir? Comentem que ficaremos super feliz!
Carol e Cláudia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário