Menu

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Coração Maligno - Resenha


"Dois meses antes, em uma cama de hospital, com a garganta cortada, quase morto, ele e Gretchen haviam feito um acordo. Ele tentara se sacrificar para capturá-la. Mais uma vez ela conseguira trazê-lo de volta. Gretchen o queria vivo. Então ele concordou em não estourar os miolos, e ela havia concordado em não matar mais ninguém."

E cheguei no terceiro livro da série da Chelsea Cain, último livro publicado aqui no Brasil. "Coração Maligno", Editora Suma de Letras, é destruidor do início ao fim.
Sempre que ouvia as pessoas falando sobre essa série, sempre diziam que esse era o melhor. Então estava bem ansiosa para ele.
Neste terceiro livro, a Beleza Mortal (Gretchen Lowell) acabou de escapar da cadeia e das mãos de Archie Sheridan. Só que antes de fugir, ela tinha prometido que não voltaria a matar. Será?
No entanto, aparecem vários assassinatos nos mesmos lugares dos primeiros crimes da Beleza Mortal. Quem seria? Seria a Gretchen quebrando sua promessa ou seria seus fãs matando em seu nome? Para Archie, essa situação é muito estranha, pois ela nunca repete os mesmos lugares... E é em cima disso que o livro vai se passar.
Ao mesmo tempo que eles tem vários assassinatos ocorrendo, a polícia tem que se preocupar com outra situação tão perigosa quanto, ou até pior: a Beleza Mortal tornou-se uma celebridade. E, num mundo em que a fama é tão cobiçada, estar constantemente na mídia faz dela uma pessoa admirada. E fãs, como se sabe, tendem a copiar seus ídolos. Mas estaria este séquito doentio agindo inteiramente por conta própria? Ou a manipuladora Gretchen pode ainda ter algumas cartas na manga?
É impressionante como a Chelsea consegue nos prender na leitura. A gente termina o livro e nem parece que ele tem quase 300 páginas...
Neste livro, apesar do foco ser a Gretchen, ela pouco aparece, menos do que os outros dois anteriores. E mesmo esse pouco que ela aparece, ela é incrível. Quando achamos que ela foi pega, que estamos já alguns passos na frente dela, ela nos mostra que o tempo todo estava fazendo a gente de idiota. E isso é muito legal e irritante ao mesmo tempo, rsrsrs.
É incrível como a autora não perde o ritmo em nenhum dos livros e esse novamente é excelente. Infelizmente, os outros dois livros não foram traduzidos :( Poxa, Suma de Letras, bem que podiam trazer os dois últimos. É a única coisa que eu peço...

Até a próxima e boa leitura!
Carol!!!

2 comentários:

  1. Eita! Bateu maior vontade de ler esse livro *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo!!! Leia, pois tenho certeza que vai adorar.
      Bjss

      Excluir