Menu

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Do Morro dos Ventos Uivantes Direto Para o Abismo das Emoções!


"Havia tal angústia na explosão de sofrimento que acompanhava aquele delírio, que por compaixão parei de perceber a sua loucura. Então saí dali, furioso por ter chegado a escutar, e irritado por ter contado o meu ridículo pesadelo, já que causara aquela agonia. Apesar disso, o motivo estava além da minha compreensão. Desci cautelosamente para o andar de baixo e rumei para os fundos da cozinha, onde encostei minha vela a um clarão do fogo para voltar a acendê-la. Nada se mexia, exceto um gato cinzento malhado que rastejando das cinzas, saudou-me com um miado queixoso."

Uma releitura que deu certo!
Li "O Morro dos Ventos Uivantes", da Emily Brontë, na minha adolescência - tinha lá meus 15 ou 16 anos! - e confesso que não lembrava dos inúmeros detalhes, talvez porque o "olhar" era outro!
Sei que existem milhares de apaixonados pela história, e também conheço inúmeros que detestam! o livro. E também já ouvi dizer que quando não nos lembramos bem da história é porque o livro não foi tão "bom" assim. Confesso que não saberia dizer hoje o que achei na época, mas não me lembro de ter "odiado" como muitos, tanto é que resolvi voltar à história.
Essa capa dura da  Editora Landmark é muito linda - acho umas das mais bonitas! -, a edição é bilíngue - para quem gosta. A leitura é rápida, apesar de ser de 1847. E, logo de cara, criamos uma antipatia pelo personagem de Mr. Heathcliff . Isso não é nenhuma surpresa. Acredito que quando um autor consegue plantar na gente qualquer sentimento forte é porque ele é bom. Tem livros "bons" que depois da leitura mal lembramos o nome de seus personagens. Ok. 
No "Morro dos Ventos Uivantes" isso é diferente. Temos personagens fortes, impulsivos, mau caráter, apaixonados, batalhadores. Temos um pouco de tudo! E acho que é isso que fez da obra um grande clássico da literatura mundial.
Foi escrito numa época na qual a mulher não tinha voz ativa em nada, e mesmo assim as personagens femininas são extremamente importantes e relevantes, se fazem ouvir do jeito que dá, muitas vezes no meio de uma total ignorância machista, mas não desistem, o que dá ao enredo muito drama e compaixão, raiva, angustia, lágrimas.
Se fosse para analisar pelo ponto de vista profissional, como psicanalista, ficaria semanas aqui conversando com vocês, porque são personagens profundos, sofríveis,vingativos, angustiados; e acho que foi isso que nessa releitura mais me pegou!
Não foi pura e simplesmente uma "leitura", foi além, consegui me ligar a cada um dos personagens, e trazer para a superfície seus piores fantasmas.
É genial o que Emily consegue, não dá para ignorar a história sem ligá-la a época que foi escrita.
Mr. Heathcliff  pode ser o próprio demônio, mas não podemos tirar seu mérito de um homem sofrido, ignorado, humilhado, e o pior de todos, profundamente apaixonado e traído. Um homem vingativo e conduzido por uma ira cega.
"O Morro dos Ventos Uivantes" não é um romance para fazer ninguém chorar, se apaixonar, não! O livro mostra o outro lado do amor, o lado sombrio, obscuro, sofrido. Aquela história que nada vai dar certo, que contos de fadas não combinam com a realidade, são peças de um quebra-cabeça diferente.
Recomendo, acho que vale a pena sairmos de nossa zona de conforto para cairmos no abismo do "Morro dos Ventos Uivantes".

Por Cláudia Trigo

23 comentários:

  1. Nossa, belas palavras sobre o livro. Que bom saber que há personalidades femininas com voz. Há muito tempo venho tendo a vontade de ler a obra, pela sua grandiosidade e tudo o mais, mas ainda não tive oportunidade.
    E a capa é realmente muito bonita. Essas edições da editora estão incríveis!

    ResponderExcluir
  2. Nossa Cláudia! Amei seu post.
    Já li algumas vezes o livro justamente pela intensidade dos personagens. Queria entender melhor os propósitos e angústias de Heathcliff. Esse amor quase louco declarado por eles. Emily espalha intensidade em sua escrita, em diversas passagens temos sensação de sentir na carne cada sentimento. Para mim, é uma obra que tem que ser lida por todos, completamente espetacular.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu conheço a obra, é claro, mas confesso que nunca tive a oportunidade ou sequer o interesse em ler. O que conheço é por conta de algumas resenhas que li, e no fundo tenho uma curiosidade em conhecer os personagens e o cenário de um modo geral. Suas palavras desperaram ainda mais o meu interesse. Sobre a capa, ela é mesmo linda e por ela vale a pena já ter na estante ♥
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oie, eu li também o morro dos ventos uivantes quando era muito novinha por isso assim como você lembro pouco. Gosto dessa ideia dele de passar o outro lado do amor, a parte que não dá certo, aquela dos ressentimentos. Adorei saber que você conseguiu se conectar bem com os personagens durante a leitura. Espero poder ainda refazer essa leitura também.

    ResponderExcluir
  5. Acho que poucos personagens em toda a literatura, são tão intensos. Adorei ler a sua opinião sobre o livro e saber que você também gostou de ler. Concordo com você sobre o "não chorar ou não se apaixonar", mas ainda assim, é um livro inesquecível.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, acredito que sempre que lemos um livro outra vez noss visão sobre ele muda e percebemos detalhes ue antes passaram despercebidos. Acredita que nunca li esse livro? Mesmo sendo um clássico não me sinto atraída para lê-lo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá Cláudia,
    Apesar de você ter dito que esse livro não é para chorar nem se apaixonar foi exatamente isso que senti ao ler o livro, sério, eu chorei e me apaixonei. Ao mesmo tempo que isso aconteceu, eu conheci facetas do amor que eu não imaginava que poderiam existir, sabe?Guardo essa história no coração desde quando li e preciso reler, pois sei que terei outra percepção.
    Curti demais sua opinião.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu conheço o livro há bastante tempo mas ainda não o peguei para ler. Na verdade, eu não fazia ideia do que se tratava e com o seu post eu fiquei bem curiosa, eu tinha uma ideia totalmente diferente e ler suas palavras foi bem esclarecedor para mim.

    ResponderExcluir
  9. Quero muito ler algo da autora, só vejo falarem bem. Bjos!

    BLOG LITERÁRIO 2

    ResponderExcluir
  10. Caramba! Estou com este livro aqui, que aliás ganhei em um sorteio, mas não li ainda. Vou fazer o que você recomendou. Vou colocá-lo para leitura em agosto.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Cláudia, tudo bem?

    Eu tenho e não tenho vontade de ler esse livro, pois realmente as opiniões acerca da obra são bem divergentes. Eu lembro até que senti muita vontade de ler na época do estouro de Crepúsculo, pois ele era um dos livros favoritos da Bella, ela citava sempre! hahahahaha
    Acho que precisamos dar chance para certos clássicos. Então quem sabe eu leia ele mais pra frente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Li este livros alguns anos atrás e hoje não sei dizer o que achei dele na época. Seria a hora de relê-lo?
    Achei bem interessante a breve análise que você fez dos personagens, mas eu me recordo que não odiei o Heathcliff na época!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Claudia, realmente não são todos que gostam desse lembro, eu li ele uns anos atrás e apesar de tudo gostei bastante. Realmente não é um romance de conto de fadas, ele possui um lado sombrio, meio amoral e tal. Enfim, acho que esse é o diferencial da obra e o porque do livro ser tão aclamado até os dias de hoje.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Ainda não li este livro ainda, pois pensava que era chato e entediante. Mas com a sua resenha eu vou reconsiderar o que eu pensava, e vou ler.

    XoXo,
    Enjoy Books

    ResponderExcluir
  15. Olá, esse é um dos clássicos que tenho muita vontade de ler, junto com Jane Eyre, e ainda irei lê-los, deus no comando kkkk, mas fico totalmente confusa pois como você falou como existe pessoas que amam a obra existe outras que simplesmente detestam, mas vamos ver em que grupo eu irei ficar.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi!

    Acredita que eu nunca li esse livro? É um dos clássicos que parece que eu nunca vou ler, mesmo achando a premissa super interessante. Seria bacana conferir esse lado obscuro e sofrido do amor. Eu acho que preciso ler HAHAHAHHAHA mas sei que vou enrolar, enrolar... Ano que vem eu leio.



    bjs =)

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Confesso que sempre quis ler esta obra, não só por ser um livro que é sempre falado entre os grupos sociais, filmes e outros livros, como também pelo enredo que é no mínimo curioso. Como você acredito profundamente que reler uma obra muda a nossa opinião sobre a leitura, quase sempre de uma forma positiva, pois enxergarmos detalhes não vistos antes. Gostei tanto da sua resenha, que quero logo adquirir a minha edição.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  18. Oiee ^^
    Eu sempre tive curiosidade de ler este livro, mas lembro que, quando o peguei na biblioteca da escola, ele estava tão desgastado que só de chegar perto já atacava minha rinite (hehe'), então eu acabei nem lendo. Não sei se vou amar ou detestar a história, mas parece ser um livro que vale a pena conhecer, mesmo que a história não encante, né?
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Eu já li esse livro duas vezes, na primeira eu não gostei tanto porque tinha uma cabeça diferente, já da segunda vez eu simplesmente amei, tanto é que virou um dos meus favoritos.
    E falando nisso, eu amei o título que você escolheu pra resenha, realmente faz todo o sentido pro livro!
    Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  20. Gostei da resenha, acho interessante a premissa, mas vou esperar um pouco para realizar a leitura, já que é um livro bem complexo e o leitor precisa saber absorver todas as informações, gostei do fato da voz ativa da mulher e a edição é mesmo maravilhosa

    ResponderExcluir
  21. Eu já ouvi falar muito desse livro, e até já me interessei muito por ele. Mas quando eu comecei a lê-lo eu tinha uns 14 anos e acho que não curti muito, nem me lembro o motivo, só sei que larguei a leitura.
    Agora depois de muito tempo me deparo com a sua resenha e acredito que talvez eu volte a lê-lo um dia, afinal de contas, amor pode não ser só coisas fofas, e você deixa isso bem claro na sua resenha quando fala sobre o lado escuro
    bjs.
    seforasilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Eu tenho esse livro aqui em casa e só não peguei por falta de oportunidade mesmo, ele parece incrível e adorei sua resenha. Apesar que romance clássico me assusta um pouco, acredita? mas com toda certeza irei dar uma chance muito em breve.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  23. Hi baby, tudo bem? adorei sua resenha, pequena mas objetiva e certeira, ainda não li esse livro mas tenho muita vontade, sei que muitos amam e outros odeiam, quero descobrir em qual time ficarei hehe


    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir