Menu

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Os Homens Que Não Amavam As Mulheres - Resenha/Desafio


"- Tive numerosos inimigos ao longo dos anos e aprendi uma coisa: não aceitar o combate quando é certo que se vai perder. Em compensação, jamais dê folga a quem o demoliu. Seja paciente e responda quando estiver em posição de força, mesmo que não haja mais necessidade de responder."

Enfim, eu li o primeiro livro da série "Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres", do sueco Stieg Larsson, Editora Cia das Letras. E já estava na hora de voltar as leituras boas. Já estava cansada de só ler livros ruins.
Depois de muito ouvir falar desse livro, decidi no começo do ano colocar ele no meu desafio. E li ele muito rápido - para um livro de 520 páginas.
Se eu gostei? Adorei!
O começo foi meio devagar, mas a partir da metade da história, eu não consegui mais largar o livro.
Para quem não sabe sobre o que se trata o livro, a história se passa em volta de dois personagens: Mikael, jornalista da revista sueca Millennium e Lisbeth Salander, uma hacker que tem uma personalidade muito forte, algo para mim pouco visto nos livros.
Depois de Mikael ser condenado por difamação contra o financista Wennerström - Henrik Vanger, o velho patriarca de uma das maiores indústrias suecas, contrata Mikael para uma investigar um caso que ocorreu em 1966, com sua sobrinha Harriet Vanger, que sumiu sem deixar vestígios. Desde de então, Henrik recebe um flor emoldurada, o mesmo presente que Harriet lhe dava até desaparecer. O problema é que Henrik está convencido de que sua sobrinha foi assassinada - e por alguém da família Vanger!
Henrik promete proteção à Millennium e provas contra Wennerström. Com a ajuda de Lisbeth, Mikael vai descobrir que não será tão fácil essa investigação, pois várias pessoas da família não concordam com essa invasão à história dos Vangers.
A narrativa demora um pouco para engrenar, até porque o autor é bem descritivo nos detalhes, então ficamos bastante tempo lendo sobre como está sendo a vida de Mikael após ser condenado; também somos apresentados à Lisbeth e sua vida bem difícil, conhecemos as pessoas da família Vanger. Mas depois vai que é uma beleza! Da metade para o final, praticamente li em dois dias.
Os personagens são muito bem construídos. Mikael é um homem muito mulherengo, mas muito inteligente! Para mim só foi um pouco estranho imaginar ele, porque apesar de ainda não ter assistindo nenhuma das duas produções cinematográficas, eu penso nele como o Daniel Craig (ator que fez o filme americano), só que em nenhum momento o autor dá a entender que o personagem é bonito. Está mais para o ator que faz ele no filme sueco....
Em relação a Lisbeth, eu só consigo pensar numa palavra para descrever ela: FODA! Ela tem uma personalidade muito forte, não tá nem aí para o que pensam dela, faz o que bem entende na hora que quer, é uma ótima hacker, entre tantas outras características importantes. Mas o que ela sofre nesse primeiro livro não dá para contar. Para mim, que por enquanto só li um dos livros, considero ela uma das melhores personagens femininas da literatura. E isso não é pouco!
O caso, como sempre em livros policiais, me pegou totalmente desprevenida. Nunca que eu iria pensar na reviravolta que acontece. Para quem acompanha o blog a mais tempo, deve saber que apesar do gênero policial ser o meu preferido, na hora de decifrar eu nunca adivinho. E ainda nos deixa com uma vontade imensa de ler logo o segundo.
Para quem gosta de livros policiais, vai amar esse! Mas também acredito que vai conquistar mesmo aqueles que não são fãs desse gênero. Tenho certeza que vocês vão ler muito rápido. Só saibam que em alguns momentos a narrativa é bem pesada! Tem umas duas cenas que me fez sentir bem mal. Porém isso não diminui a história, pelo contrário, só soma.
Agora estou muito ansiosa para saber como vai ser os próximos livros - e também pensar se lerei o quarto que não foi escrito pelo autor... Também quero muito assistir os filme.
Se vocês gostarem e quiserem, vamos trazer um post falando das diferenças do primeiro longa americano e sueco, dizendo se as continuações são boas e qual vale mais a pena.
Comentem ai embaixo se vocês querem um post sobre isso, que talvez a gente traga. Dentro desse assunto, estamos já planejando uma coluna entre livros x filmes. Acho que irá agradar vocês!

Até a próxima e boa leitura!
Carol!!!

18 comentários:

  1. Olá Carol
    eu também li esse livro rápido e adorei a leitura. Achei o começo meio arrastado, mas depois que a gente compreende bem a ambientação e personagens melhora muito. Adorei sua resenha, especialmente porque você conseguiu retratar bem o que eu mesma senti.
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros

    ResponderExcluir
  2. Olá Carol,
    Eu amo esses livros, o Stieg Larsson é um espetáculo em trama policial. Eu li assim que foram lançados os três primeiros livros. Ainda não li o último. Agora o filme, assisti somente a versão sueca, e, mesmo sabendo que versões cinematográficas raramente alcançam o livro, eu gostei. Gostei da resenha!

    Abraços, Helô

    ResponderExcluir
  3. O que dizer deste livro? Que ele é perfeito??? Digo: PERFEITO!!!! Não sou de ler livros policiais e comecei a ler este aqui, mais pela modinha, confesso, mas fiquei tão envolvida com a Lisbeth e o Mikael, que decorei este calhamaço de páginas em 4 dias. Assisti a adaptação sueca e curti muito, Quando lançaram a americana, eu meio que não queria assistir e tal, mas acabei gostando também. É uma história boa, consistente, bem desenvolvida, não tem como não curtir muito!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii, tudo bem?
    Todo mundo fala maravilhas desse filme, mas eu vi o filme e não consigo lidar com essa história.
    Chorei muito com ele e ainda tenho pesadelos com essa história. Sei que não estou preparada para o livro :(
    Mas eu amo livros policiais e diferentemente de você, sempre adivinho as resoluções :) Até hoje só quem me enganou de fato foi a Agatha :P
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Carol,
    Que bom que você saiu daquela leva de leituras ruins! Devorei os três livros da trilogia - sim, não aceito que virou uma série - e adorei tudo. O melhor, pra mim, foi a Lisbeth, como você disse, ela é FODA é uma das melhores personagens criadas. Já assisti ao filme e não curti muito, mas foi algo pessoal.
    Boas leituras.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Fico feliz que você tenha se deparado novamente com uma leitura que gostou.
    Sinceramente, a trama não me chama muito a atenção não.
    Mas fiquei curiosa para saber mais sobre a morte da sobrinha Vanger e porque ela mandava flores.
    Me interesso sim pelo post sobre o assunto estou intrigada com a coluna que pretende trazer!

    leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Conheço essa história através das adaptações, ambas americanas e suecas e confesso que acho todo enredo muito brilhante, ainda que não me anime a iniciar a leitura do livro que além de um calhamaço, parece ser um bocado detalhista e como estou buscando leituras mais dinâmicas, estou correndo de livros assim. Gostei muito das suas considerações e foi bom rever toda a trama da história.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  8. Assim como você eu sinto falta de personagens femininas fortes na literatura esse livro minha mãe fala muito para eu fazer a leitura e ainda hoje não o fiz depois dessa resenha animada quem sabe eu não o faço.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  9. Oie, que bacana saber que você gostou desse livro. Eu li há anos, antes de ele virar esse sucesso e lembro que gostei, mas não tenho mais nem o modo como o mistério foi solucionado, precisaria reler para relembrar, mas não sou maior fã de releituras. espero que você goste ainda mais do segundo livro.

    ResponderExcluir
  10. Oi oi,
    Gostei da resenha e já tinha ouvido falar sobre ele. Mas não quis me aventurar nessa história já que o livro tem 520 PÁGINAS. Estou fugindo de leituras/histórias assim, mas vou recomendar esse livro para quem gosta do gênero.

    A história parece interessante, e como você a descreveu para uma ótima obra literária ❤

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  11. fico feliz que tenha curtido a história. Lisbeth é uma de minhas personagens preferidas da vida. <3
    Tbm sou dessas que ama suspense e nunca descobre nada kkkkkkkkkkkkkkkk
    a trama realmente tem cenas que dão embrulho no estômago... pena o autor ter morrido tão cedo...preciso concluir a trilogia, tentarei ler o segundo esse ano...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  12. Ei Carol!
    Ainda não li esse livro mas já ouvi falar um pouco sobre ele, meio por cima assim.
    Achei bem interessante pela sua resenha, gosto um pouco desse suspense contido em livros policiais :)

    Com Amor, Isa

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Não conhecia o livro ainda. Adoro suspense e só algumas vezes consigo descobrir as coisas. Embora tenha cenas pesadas parece um livro super interessante e com leitura bem fluida.
    Obrigada pela indicação!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Eu acho que já ouvi falar desse livro, mas até então não fazia ideia do que se tratava, e adorei conhecer. Acho que eu demoraria "milênios" pra ler um livro nessa quantidade de páginas, principalmente porque meu tempo pra isso anda bem curto. Eu adoro livros policiais e faz muito tempo que não leio um que eu realmente tenha me apegado, adoraria conhecer esse.
    Um abraço!

    https://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Tenho muita curiosidade em relação a livros policiais, minha mãe inclusive gosta do gênero. A premissa é interessante e é uma dica que vou anotar com certeza, tenho que pular logo de cara nesse gênero e fico feliz que tenha gostado da leitura, faz com que eu me interesse mais também. Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?

    Livros policiais são bastante interessantes pelo suspense que trazem no enredo.

    Fiquei bastante feliz em ler sua resenha e principalmente por ter gostado de lê-lo.

    Não conhecia o autor ainda mas já tinha ciência da obra, apesar de nunca ter lido.

    Me interessei ainda mais pelo livro devido suas impressões.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que tenho uma certa curiosidade com esse livro por conta dos vários comentários positivos que leio sobre ele. No entanto, não é um gênero que costumo ler e o começo ser muito descritivo, não iria me agradar e até mesmo poderia me fazer abandonar a leitura. Mas eu gostei de saber mais sobre a história, interessante a personagem feminina ter uma personalidade forte, gosto disso em livros, justamente por ser um pouco raro.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Eu também fiquei em dúvida se lia os livros ou se via os filmes e acabei até comprando os filmes e não vendo. Acabou porque eu li algumas críticas que não foram boas para os livros seguintes e me decepcionei, sabe? Mas o primeiro dizem que é muito bom da mesma forma que você gostou.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir