Menu

sábado, 21 de janeiro de 2017

O Hobbit - Resenha/Desafio


"Numa toca no chão viva um hobbit. Não uma toca desagradável, suja e úmida, cheia de restos de minhocas e com cheiro de lodo; tampouco uma toca seca, vazia e arenosa, sem nada em que sentar ou o que comer: era a toca de um hobbit, e isso quer dizer conforto."

Enfim, chegamos em 2017, e com tudo! 
Novamente esse ano, fizemos o desafio dos escritores, e em Janeiro o escolhido foi o "Mestre da Fantasia", J. R. R. Tolkien!
Eu ADORO o filme "O Senhor dos Anéis", e como gosto bastante de fantasia, sempre tive vontade de ler os livros. Mas achei bom começar pelo começo, que é "O Hobbit", Editora Martins Fontes - até porque a trilogia é meio grandinha, rsrs.
Quando comecei a ler ele, fiquei com um pouco de medo de me enrolar nele, pois tinha ouvido muita gente falando que a escrita do Tolkien era um pouco difícil, que ele era muito descritivo e tudo o mais. E ainda tinha começado ele já meio atrasada, pois me enrolei toda na leitura de "Orgulho e Preconceito"
Mas que nada! Foi super gostosa e rápida a leitura. Só fiquei mais ansiosa para ler a trilogia.
Não sei se todos conhecem a história desse livro - o que acho meio difícil, mas vai que..., então deixarei uma breve sinopse dele.
"Inesperadamente, Bilbo Bolseiro, um hobbit de vida confortável e tranquila no Condado recebe a visita de 13 anões e Gandalf que o arrastam em uma jornada através das montanhas e das terras ermas enfrentando elfos, orcs, trolls, wargs, para o resgate de um tesouro muito bem guardado por Smaug, o Dragão. Bilbo se vê em diversas confusões e encontra algo que mudaria não só sua vida como de toda Terra Média." (Texto tirado do Skoob)
Como já disse antes, a leitura foi super agradável e rápida! O narrador é muito engraçado - ele meio que faz o que no cinema chamamos de quebra da quarta parede, ou seja, ele vira e mexe está conversando com o leitor - e isso é demais! Além de combinar muito bem com atmosfera do livro.
Os personagens são muito bem construídos, e, com certeza, os melhores são o Bilbo e o Gandalf. O primeiro por nunca ter participado de uma aventura, mas ser tão bom para isso; e o segundo, por sempre ter certeza de que está certo, principalmente em relação ao hobbit - que os anões, muitas vezes, não acreditavam nele. Além de novamente serem muito engraçados.
Como livro adaptado, diferente do que ouço falarem dos filmes do Senhor dos Anéis. os três longas do Hobbit são horríveis! Primeiro que transformaram um livro em três filmes - e aí já começa o grande erro; segundo que colocaram muitos personagens que nem aparecem aqui, vão aparecer só nos próximos livros da Terra Média.
Adorei a leitura e me surpreendi demais com ela, pois já conhecia bastante da história, mas em momento algum isso me atrapalhou. E como esse foi o primeiro livro que o Tolkien escreveu - inclusive, era para ser uma história para os filhos dele -, a história é bem leve. Acredito eu que a trilogia e os outros livros sobre esse mundo são um pouco mais complexos em relação ao mundo criado.
Recomendo muitíssimo para todos! Principalmente para aqueles que gostam de livros de fantasia ou que já assistiram os filmes e gostaram.

Até a próxima e boa leitura!
Carol!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário