Menu

sábado, 21 de abril de 2018

Resenha: Mas Você Vai Sozinha? - #OlharNosNacionais


"Décadas depois, quando comecei a viajar a trabalho para cobrir festivais de música ou entrevistar bandas, voltei a enviar relatos para meus amigos por e-mail. Escrevia sobre onde estava, o que estava vendo, o que achava que eles gostariam de ver, coisas que poderiam estar em cartões-postais. Por causa desses relatos, uma hora me peguei viajando para escrever sobre a Índia, Portugal ou Ilha de Páscoa, e entendi que muito mais do que os carimbos no passaporte, o que define o viajante é o que ele tem para contar."

Estava muito ansiosa para ler esse livro. "Mas Você Vai Sozinha?" escrita por Gaía Passarelli, Editora Globo Livros. Foi uma leitura rápida e fluída. Houve momentos que rimos das cada coisa que a autora passou, e outros ficamos curiosos para saber mais da cultura do local, ou da história daquelas pessoas que ela encontrou durante o tempo em que estava na estrada.
O livro têm 17 textos sobre viagens que ela fez durante vários anos, com dicas sobre os países e cidades que conheceu - e sempre sozinha. E não há nenhum problemas em viajar sozinha!
A leitura é muito gostosa e alguns textos são melhores que outros. Dentre os 17, o que mais gostei foi "A Aliança Águia- Condor", que foi quando a autora foi para a Colômbia e participou de um ritual/cerimônia indígena. É um texto mais calmo e bonito, e é muito interessante conhecer mais da cultura colombiana e principalmente da indígena - é algo que não está ao nosso alcance, a menos que viajemos para o local.
O texto "Perdidos nas Montanhas de Itatiaia" é muito engraçado. Ele se passa no Parque Nacional de Itatiaia, no RJ, e simplesmente aconteceu foi que ela com o namorado se perderam no parque e é hilário ler o texto e tudo o que eles passaram perdidos.
"Em Cima da Árvore em Wayanad", se passa na Índia e é outro texto muito engraçado. Ela, nessa cada da árvore, no meio do mato, com insetos e bichos entrando por todos os espaços é, ao mesmo tempo, engraçado de se ler, mas também, apavorante de se pensar numa situação como essa.
Existem outros textos muito interessantes, com informações de cidades e países, que se você for viajar para esses lugares, pode ser de grande ajuda; com playlists excelentes e uma amostra da cultura que é muito importante sabermos. Conhecemos países como Índia (inclusive, têm uns dois, três textos sobre o país), alguns países da América do Sul, EUA, Inglaterra, entre outros...
A escrita da Gaía deixa a leitura muito gostosa de se fazer e enquanto vamos lendo, temos a impressão de que estamos viajando junto com a autora. A edição da Globo Livros está linda, com ilustrações maravilhosas, e tanto a capa como por dentro, o livro está super colorido.
Gostei demais da leitura, e teve momentos em que eu lia um pouco mais devagar para não acabar logo. E também recomendo para quem quiser fazer uma leitura rápida, divertida e que ainda aprendemos bastante sobre outras culturas.

Até a próxima e boa leitura!
Carol!!!

14 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu sempre ouço isso Mas vc vai sozinha ?Como ser mulher e ter a minha idade ( quase 50) não tem mais discernimento de nada e qdo se é jovem são pq não temerosos afff
    O livro parece ser interessante ler, principalmente se traz informações sobre outras cultura! Adorei, Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia!
      É horrível quando temos que ouvir frases como essa o tempo todo, não importa a nossa idade e pelo o que já passamos. O livre é muito interessante.
      Fico muito feliz que tenha gostado!
      Bjss

      Excluir
  2. Oiee. Eu acho o máximo os livros que nos permitem conhecer novas culturas de forma não caricata.Gostei bastante da proposta desse livro por isto e também pela leveza que ele trás. Amei a resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica!
      Também adoro conhecer novas culturas sem aqueles clichês que vemos em todos os lugares. Obrigada pelo comentário!
      Bjss

      Excluir
  3. Olá!
    Não conhecia esse livro e gostei bastante dos temas abordados. Achei interessante como traz uma visão de independência e liberdade para seguir nossos caminhos. Deve ter sido uma leitura bem enriquecedora. Que me agradaria a leitura!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Saímos da leitura com a impressão que aprendemos alguma coisa, e acho isso essencial quando fazemos uma leitura, ainda mais num livro de não-ficção.
      Bjss

      Excluir
  4. sinceramente eu não daria nada pelo livro olhando só pela capa, passaria longe, inclusive... mas pelo conteúdo, leria a titulo de curiosidade. tenho muita vontade de viajar pelo mundo, quem dera pudesse realizar esse sonho algum dia...

    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria!
      A capa, apesar de ser muito bonita, não passa a ideia do que se trata o livro. Também tenho esse sonho, mas traz uma sensação boa ler o livro, mesmo estando em casa.
      Bjss

      Excluir
  5. Ola, tudo bem?
    Gostei da resenha, não conhecia o livro ainda e fiquei bem interessada!!
    Beijus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Muito obrigada pelo comentário e fico feliz que tenha gostado da resenha.
      Bjss

      Excluir
  6. Oie
    nossaaa que livro interessante, eu ainda não conhecia mas estou mega curiosa, achei sensacional a experiência de uma mulher viajando sozinha por ai, e justamente de saber sobre outras culturas e como foi para ela tudo isso, com certeza vou colocar na lista de desejados, bela dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina!
      É muito interessante sim e recomendo bastante o livro. Espero que goste como eu gostei.
      Muito obrigada pelo comentário!
      Bjss

      Excluir