Menu

domingo, 12 de agosto de 2018

Bienal 2018 + Novidades: Instagram | Amazon


Novamente, fomos na Bienal de São Paulo desse ano, 2018. Optamos pelo segundo sábado, dia 11, mais conhecido como ontem, rsrs. Parece que a cada Bienal que vamos, voltamos mais cansadas, mas todo esse cansaço vale muito.
Saímos cheia de livros e marcadores, desde livros que queríamos comprar, quanto livros que não conhecíamos, mas que ficamos muito felizes por adquiri-los.
Por mais um ano, levamos diversos livros nacionais autografados, e ultimamente a Bienal vem servindo para isso - para conhecermos novos autores e conseguir autógrafos.
Esse ano, ficamos com a impressão que a Bienal estava mais cheia do que a última. Os estandes das grandes editoras foi impossível de entrar. Filas e mais filas - tanto para entrar, quando para pagar as compras (Rocco, Intrínseca, Leya, Cia das Letras e por aí vai...). Por causa disso, preferíamos gastar nosso tempo com outras editoras - pequenas - mas com muita coisa legal para ver e comprar, e com um detalhe: menos estresse.
A única que entramos foi na Novo Século, e que valeu muito, pois os livros estavam com ótimos preços.
A Harper Collins também estava bem legal. Na compra de dois livros da Karin Slaughter, levávamos uma caneca - imagina se não levaríamos?! Queria ter tirado uma foto da maleta do Newt e na casa do Hobbit, mas tinha muita fila e não tenho paciência.
Nas editoras menores, algumas estavam valendo e outras nem tanto. A Draco, por exemplo, que na última Bienal compramos alguns livros, esse ano não estava valendo. Livros a 30, 40 reais... Ai não dá! Já pelo outro lado, a Selo Jovem estava com todos os seus livros a 10 reais: saímos com 5, três autografados! Fiquei também abismada com a Martin Claret, que nem tem tradutores bons e que estava com o livro mais barato a 40 reais. Tinha livro até 90, 100 em PROMOÇÃO. Passo longe de editora assim.
O que estava valendo muito era a Ciranda, que sempre tem excelentes livros, com tudo a 10 reais! Toda Bienal, saímos dela com 4, 5 livros.
Os diversos sebos que estavam presente (inclusive, não lembro das edições anteriores terem tantos) também estavam com ótimos preços: 10, 15 reais.


Agora sobre as novidades!!!!!
Para estrear essa Bienal, criamos um perfil no Instagram e todas as fotos que tiramos do evento vão estar lá. Pra quem quiser seguir, vai aí o nosso perfil:


E vale lembrar que também temos um Twitter, e para quem quiser nos seguir, o nosso perfil é: @UmOlhar_Oficial
Sobre a outra novidade, é que agora, nas futuras resenhas e posts literários, sempre colocaremos um link para o site da Amazon. Se vocês comprarem pelo nosso link, qualquer item que seja, desde os livros indicados por nós quanto qualquer outro livro, vocês ajudam o blog a crescer!
Amanhã já sai resenha nova, então se interessar e puderem comprar pelo nosso link, ficaríamos muito feliz!
Se puderem ajudar compartilhando esse post, que sei que está saindo tarde, ficaria muito feliz. Estava super enrolada e estou MUITO cansada, mas fiz de tudo para que esse post saísse o quanto antes.
Como foram a Bienal para vocês?
Comentem ai embaixo o que acharam dos preços e que livros valeram a pena. Se quiserem deixar os perfis de vocês nas duas redes sociais, estaremos seguindo também!

Carol e Cláudia!

2 comentários:

  1. Infelizmente não deu para eu ir até a Bienal esse ano, mas na próxima edição, pretendo estar para viajar nesse Universo maravilhoso que é a dos livros.

    ResponderExcluir
  2. Oi! Só fui na edição de 2014 e tentei aproveitar ao máximo. Fico me babando para tentar ir novamente, mas como moro longe fica muito caro :(
    Vejo que a cada ano está maior!
    Realmente acho um absurdo as editoras abusarem tanto dos preços, sendo que as traduções ficam sempre a desejar. Quem sabe um dia isso mude, né?
    Pelo visto deu pra aproveitar bastante coisa!
    Parabéns pelas novidades! Assim que puder estarei acompanhando as novas resenhas com o link.

    ResponderExcluir