Menu

domingo, 12 de agosto de 2018

Bienal 2018 + Novidades: Instagram | Amazon


Novamente, fomos na Bienal de São Paulo desse ano, 2018. Optamos pelo segundo sábado, dia 11, mais conhecido como ontem, rsrs. Parece que a cada Bienal que vamos, voltamos mais cansadas, mas todo esse cansaço vale muito.
Saímos cheia de livros e marcadores, desde livros que queríamos comprar, quanto livros que não conhecíamos, mas que ficamos muito felizes por adquiri-los.
Por mais um ano, levamos diversos livros nacionais autografados, e ultimamente a Bienal vem servindo para isso - para conhecermos novos autores e conseguir autógrafos.
Esse ano, ficamos com a impressão que a Bienal estava mais cheia do que a última. Os estandes das grandes editoras foi impossível de entrar. Filas e mais filas - tanto para entrar, quando para pagar as compras (Rocco, Intrínseca, Leya, Cia das Letras e por aí vai...). Por causa disso, preferíamos gastar nosso tempo com outras editoras - pequenas - mas com muita coisa legal para ver e comprar, e com um detalhe: menos estresse.
A única que entramos foi na Novo Século, e que valeu muito, pois os livros estavam com ótimos preços.
A Harper Collins também estava bem legal. Na compra de dois livros da Karin Slaughter, levávamos uma caneca - imagina se não levaríamos?! Queria ter tirado uma foto da maleta do Newt e na casa do Hobbit, mas tinha muita fila e não tenho paciência.
Nas editoras menores, algumas estavam valendo e outras nem tanto. A Draco, por exemplo, que na última Bienal compramos alguns livros, esse ano não estava valendo. Livros a 30, 40 reais... Ai não dá! Já pelo outro lado, a Selo Jovem estava com todos os seus livros a 10 reais: saímos com 5, três autografados! Fiquei também abismada com a Martin Claret, que nem tem tradutores bons e que estava com o livro mais barato a 40 reais. Tinha livro até 90, 100 em PROMOÇÃO. Passo longe de editora assim.
O que estava valendo muito era a Ciranda, que sempre tem excelentes livros, com tudo a 10 reais! Toda Bienal, saímos dela com 4, 5 livros.
Os diversos sebos que estavam presente (inclusive, não lembro das edições anteriores terem tantos) também estavam com ótimos preços: 10, 15 reais.


Agora sobre as novidades!!!!!
Para estrear essa Bienal, criamos um perfil no Instagram e todas as fotos que tiramos do evento vão estar lá. Pra quem quiser seguir, vai aí o nosso perfil:


E vale lembrar que também temos um Twitter, e para quem quiser nos seguir, o nosso perfil é: @UmOlhar_Oficial
Sobre a outra novidade, é que agora, nas futuras resenhas e posts literários, sempre colocaremos um link para o site da Amazon. Se vocês comprarem pelo nosso link, qualquer item que seja, desde os livros indicados por nós quanto qualquer outro livro, vocês ajudam o blog a crescer!
Amanhã já sai resenha nova, então se interessar e puderem comprar pelo nosso link, ficaríamos muito feliz!
Se puderem ajudar compartilhando esse post, que sei que está saindo tarde, ficaria muito feliz. Estava super enrolada e estou MUITO cansada, mas fiz de tudo para que esse post saísse o quanto antes.
Como foram a Bienal para vocês?
Comentem ai embaixo o que acharam dos preços e que livros valeram a pena. Se quiserem deixar os perfis de vocês nas duas redes sociais, estaremos seguindo também!

Carol e Cláudia!

34 comentários:

  1. Infelizmente não deu para eu ir até a Bienal esse ano, mas na próxima edição, pretendo estar para viajar nesse Universo maravilhoso que é a dos livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Bienal é melhor evento que existe. Apesar de sempre sair super cansada, eu adoro!
      Bjss

      Excluir
  2. Oi! Só fui na edição de 2014 e tentei aproveitar ao máximo. Fico me babando para tentar ir novamente, mas como moro longe fica muito caro :(
    Vejo que a cada ano está maior!
    Realmente acho um absurdo as editoras abusarem tanto dos preços, sendo que as traduções ficam sempre a desejar. Quem sabe um dia isso mude, né?
    Pelo visto deu pra aproveitar bastante coisa!
    Parabéns pelas novidades! Assim que puder estarei acompanhando as novas resenhas com o link.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Imagino. Como moro em SP, fica mais fácil vir na Bienal daqui. Mas queria conhecer a do RJ um dia, mas ai fica bem mais difícil, pois é muito mais caro.
      Enquanto algumas editoras estavam com preços ótimos, tinha outras que abusaram nele. Fazer o quê...
      Muito obrigada! :)
      Bjss

      Excluir
  3. Invejinha branca de quem foi nessa bienal, mas vou me programar para ir na do rio ano que vem. hahaha
    Guria, sabe que eu demorei para ter instagram, mas hoje percebo que é uma das redes sociais mais fáceis de cuidar e com um público maior. A página do facebook/o facebook em geral, anda muito parado. Assim como twitter. :O
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Rsrsrs, queria muito conhecer a do RJ, mas por enquanto não dá...
      Estava meio receosa em ter Instagram, mas desde que a gente criou, venho vendo que foi um acerto. O alcance é bem grande. No caso do FB, a rede já está ficando um pouco ultrapassada...
      Bjss

      Excluir
  4. Eu nunca fui em uma bienal, infelizmente esse é um sonho que não sei quando será possível realizar. Geralmente acompanho o evento pelas redes sociais e este ano não foi diferente. Gostei bastante de ler sua opinião sobre os preços, estantes e coisas do tipo, porque sinto como se de uma forma ou de outra estivesse ganhando experiência para quando chegar a minha vez de ir.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Delmara!
      Imagino como deva ser triste não conseguir ir numa Bienal. Para nós leitores, esse é um dos maiores sonhos.
      Espero que você consiga ir na próxima!
      Bjss

      Excluir
  5. Olá, meninas!

    Eu só fui na Bienal uma vez na vida e foi na do RJ. É lindo estar rodeada de livros nesses lugares, mas o estresse, as filas, os preços que quase sempre não valem a pena... tudo isso me desanima, confesso. Mas estou planejando ir na próxima edição da Bienal do RJ, se Deus quiser! Só espero estar tranquila o suficiente para aproveitar e não perder a paciência.kkkkkk...

    Os livros da Martin Claret realmente custam caro, mas eu amo a editora! Tanto as edições de bolso (geralmente compro dela ou da Zahar) quanto as edições de luxo. Tenho vários livros da editora e sempre aguardo as boas promoções para adquirir mais. As traduções são muito agradáveis, as edições são super bem trabalhadas e alguns livros chegam a ser melhores que as da Zahar. Tenho O Morro dos Ventos Uivantes na edição de luxo da Zahar e o livro está descolando, embora eu tenha lido com todo o cuidado do mundo. Mas você movimenta ele e já começa a descolar. Isso é absurdo! E me deixou insegura de continuar comprando edições de luxo dessa editora, por mais lindas que elas sejam. Já minhas edições de luxo da Martin Claret não descolam e isso faz com que eu acabe dando preferência para ela. Mas também estou ficando interessada nos clássicos publicados pela Nova Fronteira.

    Fico muito feliz por vocês terem conseguido aproveitar bastante! Muita gente falou sobre esses sebos com livros bem baratos. Edições lindas a um preço super em conta! Desejei ter ido só por causa desses sebos!

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luna!
      Não vou mentir, cansa. Mas vale todo o cansaço, pois conhecemos muita gente legal e livros que dificilmente conheceríamos, se não fosse ali.
      Então, até acho as edições dela bonita e tudo o mais. Porém, acho muito caro, para uma editora que até pouco tempo atrás não pagava por uma tradução e copiava de outras editoras, sem pagar o devido para elas. É mais por isso mesmo...
      Bjss

      Excluir
  6. Fiquei muito feliz que vocês levaram o meu livro Incógnitas Certezas e Meios-termos. Espero que gostem. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcos!
      Nós que agradecemos, por ter conhecido.
      Muito obrigada!
      Abraços

      Excluir
  7. Olá!
    Parabéns por todos os livros adquiridos, espero que sejam ótimas leituras. Eu queria muito ter ido na Bienal de SP, quase fui pra falar a verdade, mas como faltava poucos dias pra iniciar, passagem e hospedagem ficaram um absurdo, então deixa para o próximo ano, aí planejo direitinho. Além disso a Bienal de Minas é ano que vem, então da pra aproveitar também hahaha.

    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nayara!
      Como sou de SP, não tenho que me preocupar com passagem e hospedagem, pois ai não daria para ir. Imagino que um pouco antes, os preços devem aumentar ainda mais. Uma pena.
      Bjss

      Excluir
  8. Olá, tudo bom?

    Eu fui pra ficar todos os dias em SP, mas não tive coragem de ir todos os dias na Bienal e optei por passear pela cidade também. Porém, fui em muitos dias e, com conhecimento de causa, digo que você acabou indo no pior dia: o mais lotado, na minha opinião. Foi um dia que eu praticamente fiquei na sala de imprensa, saindo somente para ir em locais específicos e somente a noite, pois estava mais tranquilo.
    Eu também achei absurdos alguns preços, mas eu praticamente só comprei em sebos, aqueles de 10 e 20 reais. No primeiro dia tinha ótimos títulos com esse preço baixo, que valeu muito a pena (incluindo a versão hardcover, em inglês, de um livro do Harry Potter e a Criança Amaldiçoada).
    Eu senti falta de alguns eventos voltados para blogueiros e algumas editoras acabaram ficando de fora (ou com estande bem pequenas) e isso fez algumas obras ficarem de fora dessa edição - já que as editoras não poderiam levar todo o catálogo. Entretanto, gostei que deram mais atenção para os autores nacionais e vários deles ficaram entre os mais vendidos. Fiquei feliz de estarem mudando esse cenário.
    Agora estou ansiosa para o ano que vem, na Bienal do Rio. Você vai?

    Adorei a postagem :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Nossa, imagino quem vai todos os dias. Eu sempre vou em um só, e já volto morta, rsrs. Fio nesse dia, pois na última Bienal de SP, também fui no segundo final de semana e estava de boa. Mas esse ano, me pareceu bem mais lotado. Algumas editoras estavam bem caras, mas a maioria dos livros comprados por mim foram nesses sebos também, pois estavam valendo demais!
      Também senti falta de algumas editoras, mas o momento econômico não ajuda... Achei demais os vários autores nacionais que ficaram entre os mais vendidos em diversas editoras. Realmente acredito que esse cenário está mudando.
      Putz, na do RJ não dá, pois fica muito caro. Pelo menos, por enquanto. Bem que queria...
      Muito obrigada por comentar! :)
      Bjss

      Excluir
  9. Olá!
    Esse ano não pude ir a Bienal, mas adoro esse evento, então estou aguardando ansiosa pela Bienal do RJ que é mais perto de casa e sempre dá pra aproveitar mais as compras visto que não corro o risco de excesso de bagagem no avião hahaha
    Espero que tenha aproveitado muito esse momento.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Rsrsrs, ainda que não tenha ido na Bienal do Rio, imagino como deva ser ruim não poder comprar muito por causa do excesso de bagagem, rsrs.
      Bjss

      Excluir
  10. Oi, meninas!
    À essa altura do comentário, a Bienal já acabou mas pelos comentários da galera deu para perceber que, apesar de eventuais altos e baixos, foi muito boa! Ainda não tive nenhuma oportunidade de ir a uma, pois moro longe, mas espero um dia ter essa chance e poder conhecer e conversar com muitos autores e leitores <3 Muito bacana suas compras também! =D
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ Sonhando aos Vinte ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sâmella!
      Gostei bastante. Achei que eles demoraram um pouco para soltar as informações e tudo mais, mas a organização no dia estava muito boa.
      Bjss

      Excluir
  11. Olá,

    Meu sonho é ir numa bienal do Rio ou de SP, a que tem no meu estado não é tão boa quanto a desses estados, apesar de eu amar participar haha. Acompanhei tudo esse ano através do Instagram, como faço todos os anos, fiquei morrendo de inveja, estava tudo tão lindo e tinha muitas pessoas legais que acompanho e que gostaria de conhecer.

    beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thayenne!
      As maiores são a de SP e a do Rio, mas acredito que todo evento literário tem sua força e seu diferençal, e todos tem a sua importância.
      Bjss

      Excluir
  12. Olá meninas,
    Fui apenas no primeiro sábado e, felizmente, foi maravilhoso. Tive dificuldades em entrar na Cia das Letras, então, não pude ver nada por lá, mas, nas outras grandes editoras, consegui entrar tranquilo, acho que porque fui primeiro nelas. Sobre os preços: achei tudo mediano, sabe? Eu não fui com o intuito de comprar, mas saí de lá com alguns livros rs
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna!
      Já eu, que fui no segundo sábado, não consegui entrar em quase nenhuma das grandes. Mas acontece...
      Alguns lugares estavam com excelentes livros, já outros... Nem vou comentar.
      Bjss

      Excluir
  13. Oie!

    A bienal é sem sombra de duvida uma semana que eu aguardo imensamente ao longo dos anos, principalmente aqui de SP que é perto da minha casa. Sim, concordo que durante o final de semana estava realmente muito cheio, por isso, optei por ir durante a semana para fazer as minhas comprinhas e aproveitar mais o evento.
    Nas editoras mesmo, apesar de algumas estarem com os preços bem em conta, a maioria dos meus livros eu comprei nos sebos e naquelas lojas de 10 reais hahahaha
    Adorei o seu feedback e que venha a bienal do rio!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O problema é que durante a semana, fica realmente difícil ir. A faculdade não ajuda...
      A maioria eu comprei também nesses sebos e adorei eles por causa disso.
      Bjss

      Excluir
  14. Ai que saudade da bienal que o seu post me trouxe. 2018 foi a melhor bienal na minha opinião e espero que isso seja superada em 2020. Espero também que na próxima possamos nos conhecer porque eu adoro o seu blog. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivi!
      Sempre que vejo algo sobre a Bienal, também sinto saudades e já começo a contar os dias para a Bienal de 2020, rsrs.
      Bjss

      Excluir
  15. Olá!

    Esse ano não compareci a bienal, mas ano que vem não perderei por nada! Só espero conseguir me controlar para não sair comprando tudo que vejo pela frente!

    Parabéns pelo instagram e pelas fotos do evento compartilhadas!

    Beijos

    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      É bem difícil não comprarmos tudo que vemos pela nossa frente, mas com o passar das Bienais, vamos nos acostumando, rsrs.
      Bjss

      Excluir
  16. Olá, eu fui na penultima Bienal de SP, e foi magico, não comprei tantos livros como gostaria, mas consegui aproveitar bastante o passeio... Adorei sua postagem e fico feliz que tenha gostado e aproveitado bastante a bienal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Fico muito feliz que tenha gostado do post. :) Bienal é sempre uma alegria.
      Bjss

      Excluir
  17. Essa foi a minha terceira bienal e achei ela mais simples, mas igualmente boa!
    Adorei rever os autores nacionais e tb pegar autografos de varios internacionais.
    Sabado estava uma loucura pra andar, mas deu pra aproveitar mtas ofertas.
    Ano que vem to no RIO sem falta.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy!
      Acho que por causa da crise do país, muitas editoras não estavam e também achei os estandes mais simples, comparado aos outros anos. Mas como sempre, Bienal é sempre um evento muito gostoso e divertido.
      Bjss

      Excluir